Literatura

136 minutos de pausa Um homem busca espaço para apoiar seu cotovelo ao lado de uma mulher gorda no avião. O amor do ventríloquo se expressa pelas vozes dos seres inanimados. Avaca é transfigurada em fonte de alimento, de sonho, de desejo. Moacyr Scliar surpreende até quando se propõe a ser simples, como a saída que encontra para vencer o estresse no conto Pausa, ou quando conta sem floreios o que faz um corretor de imóveis para vender um apartamento de cobertura.
Sua matéria-prima é o que sabemos e o que não queremos saber da vida. Suas ferramentas são o insólito e o surpreendente. Ler Moacyr Scliar estimula a curiosidade, dá medo, faz rir, arrepia, chega a desafiar a inteireza do estômago, o ritmo da respiração. Ao final, a arte se recompõe, nos afeiçoamos à mais estranha das criaturas, acostumamos com os mais indigestos rituais, nos apaziguamos diante das cruezas humanas e aceitamos que Moacyr tinha razão: o ser humano é mesmo esquisito.

Descrição

Descrição da Página
Audiolivro de literatura brasileira Seleta de Fernando Sabino, na voz de Ivam Cabral, produzido pela Livro Falante


Descrição
Autor: Anton P. Tchekhov
Tradução: Tatiana Belinky
Narrador: Clóvis Tôrres
Anton Tchekhov (1860 – 1904) é leitura obrigatória não só para quem está ligado ao teatro ou à literatura mas para quem se interessa em observar o ser humano. Às vezes, muito divertido, às vezes, dramático, Tchekhov tece sua prosa com todos os fios da alma humana. Nela cabem toda a grandeza e toda a mesquinhez inerentes ao ser humano. Cabem as contradições, as mudanças de opinião, as traições, a solidão cortante, o desejo de vingança, a graça das brincadeiras. Tudo isso pontuado por diferentes olhares. Tchekhov fala pelo ponto de vista de um soldado, de uma mulher e até mesmo de um bebê, como faz magistralmente no conto Gricha. Neste audiolivro, o ator Clóvia Tôrres empenhou-se para garantir a correta pronúncia dos termos em russo. Fez um trabalho detalhista e corajoso de registrar em áudio um dos maiores nomes da literatura mundial. A tradução ficou por conta de ninguém menos que Tatiana Belinky, uma das mais consagradas tradutoras de Tchekhov para o português. Nascida em São Petersburgo, em 1919, Tatiana veio com 10 anos para o Brasil e se fixou em São Paulo. Com seu trabalho de escritora e tradutora, tem hoje mais de 130 livros publicados e é ganhadora de diversos prêmios importantes na área literária.
ISBN: 978-85-60125-11-1
Duração: 140 minutos
Descrição da Página
Audiolivro Contos de Tchekhov, com tradução de Tatiana Belinky, na voz do ator Clóvis Tôrres, da Livro Falante

Descrição
 De Lorenna Mesquita e Fabio Brandi Torres
 Na voz de Lorenna Mesquita

 Florbela Espanca – A Hora que Passa apresenta a vida dessa grande poeta portuguesa em uma dramaturgia construída a partir de seus poemas, contos, cartas e diário. No texto, todas as palavras são da própria Florbela. Este trabalho resulta de três anos de pesquisa sobre sua vida e obra. Depois de ganhar vida nos palcos, o monólogo foi registrado em livro (Giostri Editora) e agora ganha sua versão em audiolivro na voz e na envolvente interpretação de Lorenna Mesquita.
 Duração: aprox.. 1h00
 ISBN: 978-85-60125-46-3
%d blogueiros gostam disto: